Photoshop – Imagens para uso em Flexografia

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Photoshop – Preparando Imagens para uso em Flexografia.

Uma área que pode oferecer uma nova carreira para os usuários do Photoshop é a de preparar imagens para uso em vários meios de impressão, mais precisamente para flexografia.

Photoshop - Imagens para uso em FlexografiaA impressão flexográfica permite imprimir em uma variedade de materiais.
Porém, a impressão flexográfica exige que as imagens sejam preparadas adequadamente no Photoshop e isso pode nos limitar bastante, em termos de gama de cores da imagem, por causa das especificações de impressão necessárias.

Em geral se você pode preparar imagens para impressão flexo, você pode preparar imagens para praticamente qualquer outro meio de impressão.

Nota: A impressão em alguns materiais de embalagem pode ser feito com a impressão litográfica tradicional, como revistas, panfletos, flyers e catálogos.

off-setA qualidade da impressão é muito melhor quando feita em Off-set, mas os tipos de materiais que uma impressora litográfica pode manipular são limitados.

As máquinas que imprimem grandes formatos, cartazes e outdoors são geralmente grandes, especializadas e caras.

As imagens impressas por estas máquinas precisam ser preparadas para uma boa impressão sobre os diferentes materiais utilizados.

Usando perfis de qualidade, se disponível, e impressoras devidamente calibradas pode ajudar a obter resultados mais consistentes.

Pinho-Sem-Tratar
1.1 – Imagem sem tratamento adequado para flexografia.
1.2 - Imagem com tratamento adequado para flexografia.
1.2 – Imagem com tratamento adequado para flexografia.

No entanto, mesmo com o equipamento certo, estas máquinas tendem a imprimir de forma inconsistente, o que torna o tratamento da imagem no Photoshop difícil, fazendo com que várias imagens voltem para ajustes de cores até atingir a cor ideal e deixar o cliente satisfeito.

Nota: Existem alguns programas especificamente para a preparação de arquivos de embalagem, de empresas como a Barco e PackEdge, por exemplo. Mas ainda dependem do Photoshop para preparar as imagens e alimentar estes programas.

Muitas pessoas que preparam imagens  corretamente para a sua mídia de revista, jornal ou panfleto não estão preparadas para lidar com um trabalho para embalagens flexíveis.

Agências e grandes empresas com departamentos de arte in-house fazem seus próprios trabalhos de edição de imagem, e geralmente estão mal preparados quando se trata de trabalhos para flexografia.

Não estou dizendo que não sabem tratar uma imagem e sim que não tomam as devidas providências a respeito do desenvolvimento de embalagens e artes para flexografia.

As imagens baixo são as mesmas acima (1.1 e 1.2 respectivamente) com a diferença de que eu forcei com uma “curva” uma simulação do ganho de ponto e o que ocorreria se soltássemos o arquivo conforme recebido.

Pinho-Sem-Tratar-pontos-forcado
1.1 – Imagem sem tratamento. Pontos forçados
Pinho-Tratado-pontos-forcado
1.2 – Imagem com tratamento. Pontos forçados

Note que na imagem 1.1 apareceu umas manchas que não deveria e marcaria muito no trabalho impresso. Já a imagem 1.2 mantém as características da original, mas passou por um processo de tratamento e compensação de cores.

O trabalho com imagens para embalagem é uma área do mundo de pré-impressão que está em expansão e pode ser a chave para novas carreiras, uma vez que é considerado como uma forma especializada de trabalho.

Nota: Embora a correção de cor não seja considerada como retoque, grande parte do meu dia é gasto corrigindo as cores das imagens.
Independentemente da quantidade de retoque feita, o cliente sempre parece querer fazer um ajuste para, pelo menos, uma área de uma cor da imagem.

Trabalhar com pré-impressão para embalagem pode não ser o trabalho mais glamouroso (eu adoro), pois ele pode ser bastante técnico e não muito criativo. Não é como trabalhar em uma agência de criação, mas pode garantir-lhe uma boa carreira e um bom salário.

Neste momento, existem poucas pessoas que estão confortáveis e têm o conhecimento necessário para fazer este trabalho corretamente.

Espero esclarecer alguns dos princípios básicos deste novo ramo no decorrer das próximas matérias.

Continua…

Clique aqui e veja uma matéria sobre o mesmo assunto postado em 2014.